29 setembro, 2020
HR Bahia
  • Home
  • Bahia
  • Professora Nice Amaral morre aos 91 anos em Guanambi
Bahia Guanambi HR BA HR BAHIA Notícias

Professora Nice Amaral morre aos 91 anos em Guanambi

Morreu no início da tarde deste domingo (31) a professora Nice Amaral, de 91 anos. Ela passou mal em casa e foi levada para o Hospital Nova aliança, onde piorou seu quadro de saúde ao dar entrada na unidade.

Nice Amaral foi uma professora muito conhecida em Guanambi, onde recebeu diversas homenagens em vida pela relevância de seus trabalhos para o município. A Biblioteca Municipal de Guanambi recebe o nome de Nice Amaral, assim como a biblioteca do Centro Universitário UniFG, que também homenageia a professora.

Ela também foi homenageada o nome de uma rua em Guanambi, no entanto, a homenagem foi retirada por conta da proibição de usar o nome de pessoas vivas para nominar logradouros e prédios públicos.

Nos últimos anos de sua vida, Nice Amaral dedicou-se aos trabalhos da Fundação Joaquim Dias Guimarães, entidade voltada para o resgate e a promoção da cultura e história local.

O corpo da professora vai ser velado no salão da funerária Pax Nacional (em frente ao Hospital Geral de Guanambi),e o sepultamento será na manhã desta segunda-feira (1º), no Cemitério Municipal.

Professora Nice

Nice Amaral Guimarães Baleeiro, começou a lecionar em 1948 nas Escolas Rurais do Distrito de Mucambo e Povoado de Pilões, hoje, município de Candiba. Desde o ano de 1955 até sua aposentadoria em maio de 1991, lecionou por diversas escolas de Guanambi, a disciplina Geografia Geral e Geografia do Brasil. Ainda em Guanambi, atuou como Diretora do Grupo Escolar Getúlio Vargas e Vice-diretora do Colégio Estadual Governador Luiz Viana Filho.

Foi integrante do grupo social que luta de forma incansável em defesa da História de Guanambi e pelo resgate e preservação das tradições culturais e do folclore. É uma das sócias-fundadoras da Fundação Joaquim Dias Guimarães, entidade que preside.

Ativa defensora de que as responsabilidades da mulher vão além dos afazeres do lar, dedicou grande parte de sua vida exercendo, nos três turnos, as atividades escolares, sem abdicar do amor e atenção à família.

Fonte: José Roberto Teixeira / Reprodução / TV Beija-Flor

Comente

comentários

Publicações Relacionadas

Caetité: Maior obra de pavimentação asfáltica transforma realidade de bairros da cidade

hrbahia

STF concede prisão domiciliar ao ex-ministro Geddel Vieira Lima

hrbahia

Polícia Militar apreende pipas com cerol em Livramento

hrbahia
Carregando....