6 julho, 2020
HR Bahia
  • Home
  • Bom Jesus da Lapa
  • Polícia impede entrada de ônibus em Bom Jesus da Lapa, coletivo foi escoltado até Goiás.
Bom Jesus da Lapa HR BA HR BAHIA Notícias Policia

Polícia impede entrada de ônibus em Bom Jesus da Lapa, coletivo foi escoltado até Goiás.

Um ônibus da empresa TransBrasil foi escoltado por agentes da Polícia Militar da Bahia até o distrito de Rosário, em Correntina, já na divisa dos estados da Bahia com Goiás, na manhã deste domingo (24).

O coletivo transportava passageiros de Goiânia para os municípios de Santa Maria da Vitória e Bom Jesus da Lapa, onde o prefeito Eures Ribeiro determinou o retorno do coletivo ao estado de origem. Nenhum passageiro desembarcou nas cidades.

De acordo com o Portal Folha do Vale, antes de seguir sentido Bom Jesus da Lapa, o veículo tentou entrar em Santa Maria da Vitoria, mas foi interceptado depois de descumprir decretos municipais e estaduais que impedem a entrada de ônibus na cidade.

O gestor de Santa Maria da Vitória, Renato Rodrigues Leite Júnior, Renatinho (PP), afirmou que o ônibus foi apreendido. Já o motorista e todos os passageiros tiveram suas temperaturas aferidas e foram encaminhados à delegacia e depois liberados para seguir viagem.

O ônibus prosseguiu em direção a Bom Jesus da Lapa, onde também foi parado, dessa vez por uma guarnição da Polícia Militar com o apoio da Guarda Municipal da cidade. A ação teria sido coordenada pelo prefeito Eures Ribeiro (PSD), o qual afirmou que a determinação era para o coletivo voltar escoltado para o estado de origem, após decisão dos dois municípios.

Ele destacou ainda que os passageiros tinham como destino a cidade de Bom Jesus da Lapa, além de Riacho de Santana e Caetité. O decreto estadual impede a circulação e saída de qualquer transporte coletivo intermunicipal nos municípios de Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória por causa dos casos de coronavírus.

Além disso, as duas cidades também ampliaram as medidas restritivas para o isolamento social, proibindo o transporte coletivo municipal, além do fechamento do comércio não essencial e uso obrigatório de máscara.

De acordo com o respectivo site, Ribeiro foi criticado nas redes sociais por não permitir o desembarque dos lapenses, mas também foi elogiado por impedir que um coletivo entrasse na cidade com vários passageiros.

Fonte: Agencia Sertão / Foto: Reprodução

Comente

comentários

Publicações Relacionadas

Casa Anísio Teixeira doa à Prefeitura de Caetité máscaras confeccionadas por seus colaboradores

hrbahia

Inscrições para o Enem 2020 serão prorrogadas até 27 de maio

hrbahia

Tragédia em Correntina: Identificados tia e sobrinho mortos após carreta invadir residência

hrbahia
Carregando....