8 abril, 2020
HR Bahia
  • Home
  • Bahia
  • Eleitores dormem na fila para garantir biometria no último dia para o cadastro obrigatório em Bom Jesus da Lapa
Bahia Bom Jesus da Lapa HR BAHIA Notícias Política

Eleitores dormem na fila para garantir biometria no último dia para o cadastro obrigatório em Bom Jesus da Lapa

Eleitores de de 242 municípios baianos até o fim da tarde desta terça-feira (18) para cadastrar a biometria. Em Bom Jesus da Lapa, os eleitores que deixaram para a última hora estão tendo que enfrentar uma longa fila, onde muita gente dormiu em frente ao Fórum da cidade, onde funciona o Cartório Eleitoral, com medo do titulo ser cancelado.

As pessoas levaram cadeiras, colchões, cobertores e café para passar a madrugada aguardando o cartório abrir.

O recadastramento biométrico obrigatório em Bom Jesus da Lapa começou no mês de abri de 2019, e mesmo o Cartório Eleitoral intensificando a divulgação dos prazos, alertando a população, e ampliando o atendimento, que priorizou o agendamento, mas também o atendimento por ordem de chegada, muitas pessoas deixaram para última hora.

Conforme o TRE baiano, o eleitor que deixar de informar suas digitais à Justiça Eleitoral terá o título cancelado e, além de deixar de votar nas próximas eleições municipais, poderá sofrer as consequências listadas pelo artigo 7 do Código Eleitoral (Lei nº 4.737, de 15 de julho de 1965). São elas:

I – inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles;

II – receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou para estatal, bem como fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo ou que exerçam serviço público delegado, correspondentes ao segundo mês subsequente ao da eleição;

III – participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos Estados, dos Territórios, do Distrito Federal ou dos Municípios, ou das respectivas autarquias;

IV – obter empréstimos nas autarquias, sociedades de economia mista, caixas econômicas federais ou estaduais, nos institutos e caixas de previdência social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo, ou de cuja administração este participe, e com essas entidades celebrar contratos;

V – obter passaporte ou carteira de identidade;

VI – renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;

VII – praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda.

Via: bomjesusdalapanoticias / Foto: Reprodução 

Comente

comentários

Publicações Relacionadas

Prefeitura de Caetité está notificando empresas sediadas na cidade que não contratam mão de obra local

hrbahia

Aluno de escola pública de Candiba foi selecionado em Medicina na UFBA

hrbahia

Ibiassucê: Secretaria de Meio Ambiente e Polícia Rodoviária Federal libertam pássaros em Reserva Ambiental

hrbahia
Carregando....