4 maio, 2021
HR Bahia
  • Home
  • HR BA
  • Como surgem as espinhas e a oleosidade da pele
HR BA HR BAHIA Notícias Saúde

Como surgem as espinhas e a oleosidade da pele

Você provavelmente já deve ter se perguntando: por que minha pele é oleosa? Como surgem as espinhas?

Bom, para entender como a oleosidade e as acnes (espinhas) surgem na sua pele, primeiro quero te falar sobre as glândulas sebáceas e os óstios. As glândulas sebáceas estão localizadas em nossa pele, mais precisamente na derme, e possui a função de produzir sebo. O sebo é uma substância composta por gorduras (25% ceras monoésteres, 41% triglicerídeos, 16% ácidos graxos livres e 12% esqualeno) que têm o papel de proteger a pele de danos externos, como poeira e poluição, e são liberados pelos óstios. Os óstios também são chamados de poros, mas há diferenças: óstio é o canal por onde sai o sebo, já o poro é onde sai o suor.

Agora vamos lá! Nossa pele naturalmente produz e necessita de sebo. Mas quando esse sebo é produzido além do normal, nossa pele fica com oleosidade em excesso, com muito brilho, tendência à acnes e cravos, sensação de estar com a pele suja, pegajosidade e óstios dilatados.

Mas por que pode haver essa produção em excesso?

Isso pode ser explicado com alguns motivos. A alimentação com alto teor glicêmico é uma das principais causas da oleosidade excessiva, pois aumentam a atividade das glândulas sebáceas, estimulando-a a produzir mais sebo do que o normal. A taxa de hormônio masculino também pode promover essa quantidade excessiva de sebo. Tanto o homem quanto a mulher possuem hormônios masculinos (testosterona) e femininos (progesterona). Quando a taxa de testosterona está em alta no corpo, há um estímulo nas glândulas para que produzam sebo em maior quantidade.

Acontece que, em muitos casos, o sebo não consegue sair pelo óstio – que pode estar obstruído por sujidades, maquiagens…- e se acumula na pele, dando origem à acne. Quando o sebo entra em contato com ar, sofre oxidação – deixando-o com uma coloração escura-, e mesmo assim não consegue ser expelido do óstio, e se torna um comedão aberto, popularmente conhecido como cravo.

Em nossa pele há a presença de uma bactéria anaeróbica chamada de Propionibacterium acnes (P. Acnes) ou Cutibacterium acnes, que se aproveita desse sebo para se alimentar, causando inflamação. Por isso algumas acnes costumam ser doloridas.

E quanto aos poros, por que eles são mais dilatados na pele oleosa? Quando o sebo não sai do óstio, ele acaba aumentando seu tamanho e os “buraquinhos” dos poros ficam mais visíveis.

Para evitar que isso ocorra, mantenha a pele limpa, hidratada e protegida. Ah, não é necessário lavar o rosto mais de 2x ao dia! A pele pode entender que ela está sem proteção e produzir sebo em excesso!

Por Léia Andrade / Espaço do Coorpo / Foto: Bigstockdos/gazetadopovo

Comente

comentários

Publicações Relacionadas

PRF apreende pasta base de cocaína dentro de bagagem na BR 116 em Vitória da Conquista

hrbahia

Radialista foi esfaqueado e teve a moto roubada por conhecido em Guanambi

hrbahia

Governador prorroga medidas restritivas e toque de recolher na Bahia

hrbahia
Carregando....