19 janeiro, 2020
HR Bahia
  • Home
  • Bahia
  • Bom Jesus da Lapa: incêndio destrói fábrica de velas
Bahia Bom Jesus da Lapa HR BAHIA Notícias

Bom Jesus da Lapa: incêndio destrói fábrica de velas

Uma fábrica de velas, localizada na rua Trans Brasil, no Bairro São João, foi totalmente destruída pelo fogo, na tarde desta terça-feira (30), em Bom Jesus da Lapa. A situação não foi pior, porque uma equipe da Associação de Bombeiro Profissional Civil da cidade evitou que o fogo se alastrasse para uma casa vizinha e começasse em outra residência. Ninguém ficou ferido.

Logo que o fogo começou, o chefe dos bombeiros, Anderson Boa Sorte, foi acionado por populares e de imediato acionou o grupamento, que se deslocou até local e fez o controle do fogo junto com os moradores, e com o apoio de um carro pipa, que foi providenciado pelo Secretário Municipal de Obras, Eduardo Rego Filho, que também esteve local.

De acordo com o representante dos bombeiros civis, o fogo começou em um barril de parafina, e devido a grande quantidade de material inflamável contribuiu para o rápido alastramento das chamas.

Para o Anderson Boa Sorte, Bom Jesus da Lapa já passou da hora de ter uma base de um Corpo de Bombeiro, considerando que o município tem uma população estimada de 70 mil pessoas, conforme o IBGE, e recebe anualmente mais de 2 milhões de visitantes, por meio do turismo religioso. E sempre que acontece um incêndio, é a população que precisa se mobilizar para buscar ajuda e apagar o fogo, correndo risco de vida, por falta de profissionais direcionados para essa função.

Ele destaca que a cidade não possui estrutura própria para suprir a demanda de combate a incêndios, salvamento e atendimento a acidentados, dentre outras atribuições de um Corpo de Bombeiros. Ele cobra da prefeitura a criação de uma base de Bombeiro Civil voluntária na cidade, com carro de combate, com condições para ter uma equipe de plantão, especialmente no período de romaria.

A base de um Corpo de Bombeiros mais próxima de Bom Jesus da Lapa fica em Barreiras, e demora quase 5 horas para chegar ao município. O que existe na cidade é apenas um grupo de bombeiros civis que atua de forma voluntária, fazendo alguns trabalhos para o Santuário no período da romaria e outros para a prefeitura, mas continuam sem apoio ou estrutura para o este tipo de trabalho.

Fonte: bomJesusDaLapaNoticias / Foto: Reprodução

Comente

comentários

Publicações Relacionadas

Bahia Mineração pode faturar 2 bilhões de dólares por ano com mina em Caetité

hrbahia

Senado aprova penalização para quem impedir amamentação em local público

hrbahia

Chapada: Prefeito de Morro do Chapéu é chamado de moleque e dá tapa no rosto de fazendeiro

hrbahia
Carregando....