Palmas de Monte Alto: Prefeito afirma que não fará festa tradicional de maio

fevereiro 14 10:55 2017 Imprimir esse Artigo

O prefeito da cidade de Palmas de Monte Alto (BA), Manoel Rubens Vicente da Cruz (PSD), esteve na abertura dos trabalhos legislativos da Câmara Municipal, no último dia 6 de fevereiro, prestando conta dos primeiros 36 dias de governo. Segundo o gestor, a situação das contas do município é tão absurda que ele poderia decretar falência financeira, pois só no INSS o rombo ultrapassa os R$ 11 milhões.

Ainda durante pronunciamento na tribuna, o gestor adiantou que a sua administração já decidiu não promover a tradicional festa de aniversário do município, que ocorre no mês de maio. Ele esclareceu que a juventude será convocada para uma reunião onde serão abordados os motivos pelo cancelamento da festividade. “Nós não vamos realizar a festa de maio. Se nós decretamos emergência, nós não podemos estar fazendo festa, pois se eu fizer uma festa no valor de R$ 100 mil, a administração é criticada porque as pessoas não aceitam”, disse Rubens.

Ao ser questionado pela reportagem, um montealtense afirmou que o atual momento da economia do município é de preocupação e requer muita cautela, pois o chefe do executivo teria encontrado muitos problemas. “Rubens está certo. Festa só deve ser realizada quando a situação é favorável. Agora não é hora de festa e sim de arrumar a bagunça deixada pela gestão anterior. Apoio e sei que a maioria do povo vai entender”, manifestou.

Outro cidadão questionou a decisão do prefeito e criticou a mudança de postura do gestor, que ano passado avaliou negativamente a organização da festa de setembro por não contratar atrações de expressão nacional. “Agora vimos que todos os políticos são iguais quando estão no poder. Manoel Rubens criticou em palanques e rádios a última festa feita por Fernando e agora no seu primeiro ano já deixa a juventude na mão”, alfinetou o jovem.

Fonte: Vilson Nunes / Rádio Visão FM / (Foto: Reprodução)

Comente

comentários