LIVRAMENTO: ESTUDANTE DE ORIGEM HUMILDE ESTÁ PRESTES A CONSEGUIR DUPLA TITULAÇÃO INTERNACIONAL EM DIREITO

agosto 27 20:34 2017 Imprimir esse Artigo

A jovem Leila Cordeiro, de 18 anos, moradora da comunidade Vila Nova, na zona rural de Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste baiano, acaba de mostrar que com muita dedicação é possível chegar longe nos estudos, mesmo sendo de uma família humilde. A estudante acaba de ser aprovada para concluir seus estudos na Univerdade de Coimbra, em Portugal, uma das mais antigas e renomadas instituições de ensino superior da Europa.

Cursando atualmente bacharelado em direito na Universidade Federal da Bahia (UFBA), a jovem conseguiu se prender a um compromisso que representará um grande salto para a sua vida profissional, concluir o ensino superior em uma das universidade que mais forma doutores mundialmente e obter dupla titulação internacional em Direito.

Em março deste ano, a Universidade Federal da Bahia e a Universidade de Coimbra assinaram um termo aditivo ao acordo de cooperação acadêmica e cientifica entre as duas instituições para estabelecimento do programa de bacharelado/licenciatura internacional em Direito, em regime de dupla titulação.

O programa é composto por três fases. Inicialmente o estudante deve cursar os dois primeiros semestres letivos na universidade de origem. Os quatro semestres seguintes devem ser cursados na universidade de destino, com o posterior retorno à instituição de origem para a conclusão do curso. Através deste percurso, o estudante poderá obter a sua graduação em ambas universidades.

O número de alunos para participar do programa é definido através de um acordo entre as duas instituições. Leila conta que passou em um processo seletivo, além de ter conseguido uma bolsa de estudos e a insenção do pagamento das mensalidades da Universidade de Coimbra, que gira em torno de R$ 2.168 (700 euros).

Com uma trajetória em escolas públicas, entre elas a modesta escola municipal Claudio Manoel da Costa, localizada na mesma comunidade onde viveu sua infância e adolescência, e o Colégio Estadual João Vilas Boas, na sede de Livramento, o sonho de Leila tornou possível graças sua própria força de vontade e dedicação, além, é claro, do incentivo e amor incondicional de seus pais, superando as dificuldades financeiras.

Ela irá viajar para Portugal nesse mês de setembro e só deverá retonar ao Brasil em 2019.

A história de Leila deixa assim uma mensagem clara de incentivo aos adolecentes que estão na etapa inicial de seus estudos: jamais desista de tentar alcançar seus objetivos, a vida sempre nos reserva algo de muito agradável no futuro.

Por L12Sudoeste / Por Marcos Santos / Foto: Reprodução

Comente

comentários

ver mais notícias

Sobre artigos do Site