0 C
Caetité, Bahia
21 setembro, 2018
HR Bahia
  • Home
  • Bahia
  • Jovem Caculeense vence a Anorexia e Bulimia e faz relato de superação e incentivo em rede social
Bahia Caculé Notícias

Jovem Caculeense vence a Anorexia e Bulimia e faz relato de superação e incentivo em rede social

O jovem Caculeense Willian Santos fez uma importante declaração de superação na rede social Instagram na sexta-feira passada. Segundo William, ele passou por sérios problemas de saúde os quais o debilitou seriamente . Willian foi diagnosticado por ter transtornos alimentares, Bulimia e Anorexia, que é originado de hábitos alimentares que causam danos à saúde como a redução extrema ou consumo em excesso de alimentos.
Os distúrbios alimentares são comuns na adolescência e no começo da idade adulta. Eles estão relacionados a uma série de consequências psicológicas, como ansiedade e pressões sociais para o chamado ‘corpo perfeito’.
Após passar por vários tratamentos psicológicos e gastrointestinais, Willian superou o transtorno através de muita persistência e dedicação.

Com quase mil curtidas no Instagram e centenas de comentários o jovem fez as seguintes declarações: “Como eu disse né, tinha 15 anos quando caí nessa bolha por sempre sofrer piadinhas de pessoas e até mesmo amigos, eu não sabia muito bem o que era e nem que seria possível enraizar tanto assim, afinal, depois de um tempinho que me vi emagrecendo eu pensei que assim que conseguisse atingir meu peso final, iria voltar a minha vida normalmente como se nada tivesse acontecido. O problema é que quanto mais você emagrece, mais você quer emagrecer, é algo que se torna viciante e impossível sair. O silêncio que é dado a anorexia e bulimia é muito forte porque muitas pessoas entendem como “frescura”, na verdade muitas doenças psíquicas são dadas como frescura. Quando eu sofria sozinho nunca tive uma pessoa próxima a mim pra eu poder conversar sobre, pra me incentivar ou aconselhar, então por meio desse pensamento em querer expor esse lado para ajudar, que postei no dia que completei 1 ano do ocorrido. As pessoas precisam saber que é sim uma doença mortal e cruel, porque você vai definhando aos poucos e na frente de todos que você ama. Lembro como hoje após o São João do ano passado quando a dor me atingiu, foi tanta dor que não consigo me lembrar muito bem da minha estada aqui em Caculé, só de quando cheguei a Conquista e fui tratado. Na época ninguém entendeu muito bem o que aconteceu, porque uma hora eu estava ótimo dançando nas festas e curtindo com os amigos e no outro dia mal, sendo levado as pressas para outra cidade com risco de vida. Pessoas com bulimia e anorexia se tornam pessoas retraídas, elas têm medo de se expor, vergonha, receio e por isso que é algo que te faz não contar pra ninguém. Comecei vomitando as coisas que eu comia, ou seja a prática da bulimia, só que chegou um período que não era o suficiente então já cortei a comida 100% ficando até 5 dias sem comer nada apenas chá, café sem açúcar, água e trident. Abusava de medicamentos e laxantes, ou seja, eu me destruí todo por dentro por uma beleza inatingível. O transtorno da auto-imagem não é uma realidade apenas da anorexia e bulimia, como também em pessoas que querem ficar “maromba” em academia e se matam com bombas e afins, ou seja, tudo hoje em dia está voltado a imagem perfeita seguida da vida perfeita, por fim dando ênfase a vida manipuladora que o Instagram e as demais redes sociais causam nas pessoas na sua maior parte do tempo”.

Por Caetano Augusto / sertaoEmDia / Foto: Enviada por Willian Santos

Comente

comentários

Publicações Relacionadas

Tanhaçu: homem é acusado de estuprar sobrinha de 10 anos de idade e sobrinho na zona rural

hrbahia

Câmara dos Deputados aprova MP que concede subsídio para reduzir preço do diesel

hrbahia

Prefeitura de Caetité constrói passagem molhada na Comunidade do Anguá

hrbahia
Carregando....