16 setembro, 2019
HR Bahia
  • Home
  • Bahia
  • Guanambiense é preso em São Paulo pela Polícia Federal suspeito de crime de tráfico internacional de drogas
Bahia HR BAHIA Notícias Policia

Guanambiense é preso em São Paulo pela Polícia Federal suspeito de crime de tráfico internacional de drogas

Na última terça feira (27), a Polícia Federal desarticulou uma quadrilha suspeita de enviar pelo menos 06 toneladas de cocaína á Europa através de carregamentos no Porto de Santos – SP e em outros complexos do País.

A ação da PF se deu durante a operação Alba Vírus, que apreendeu mais de R$ 28 milhões em espécie, 10 carros de luxo, 26 caminhões e R$ 23 milhões em imóveis de alto padrão. Doze pessoas foram presas e cinco permanecem foragidas.

Durante o cumprimento dos 12 mandados de Prisão Temporária, a PF prendeu o Guanambiense André Luiz Gonçalves conhecido como “Tititi”, segundo a PF ele integra a quadrilha de tráfico internacional de drogas. ele foi preso em São Paulo. Ainda de acordo com a Polícia Federal, André atuava na logística e no financeiro do grupo.

O Site Radar Guanambi apurou que há alguns meses, André Luiz teria promovido uma festa de aniversário para o filho e teria gasto cerca de R$ 100 mil reais, inclusive com contratações de dupla sertaneja e banda de Pagode. Ele gostava de ostentar vida de luxo e postar nas redes sociais fotos com Políticos como o ex. Presidente Michel Temer, João Doria Governador de São Paulo e celebridades do esporte como o técnico Felipão, Carlos Alberto Parreira e o narrador Cléber Machado.

Quando morou em Guanambi, André Luiz já trabalho no moto serviço na feira livre e também atuou como Moto taxista.

A PF também procura o empresário Eduardo Oliveira Cardoso, ele aparece em um vídeo, em um galpão frigorífico, durante a ocultação de droga em carga de fígado de frango congelado.

A polícia Federal também procura por Éder Santos da Silva, investigado em 2008 durante a Operação Contato da Polícia Federal na Bahia, também pelo mesmo tipo de crime, e José Carlos dos Santos Beserra, preso por roubos a banco nos anos 2000 e dono de um imóvel em Guarujá, no litoral paulista, onde havia uma sala secreta para guardar drogas e armas.

A Operação Alba Vírus, que significa veneno branco em latim, cumpriu 42 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Bahia, e 12 mandados de prisão temporária – 5 ordens de prisão permanecem em aberto. Todas as ordens foram autorizadas pela 5ª Vara Federal de Santos em julho.

A forma como a cocaína era escondida chamou a atenção da Polícia Federal para um carregamento de 1,4 toneladas de cocaína encontrada no mês de julho deste ano, no Porto de Santos, da mesma maneira: A droga era escondida entre a carga de frango em contêineres frigoríficos. A empresa do empresário Eduardo Cardoso também estava envolvida no despacho desta carga.

Informações do Radar Guanambi / Foto: Reprodução

Comente

comentários

Publicações Relacionadas

Conselho da Criança e do Adolescente entrega cheque de 88 mil para projeto

hrbahia

Caetité: 03 homens são presos acusados de tentativa de homicídio.

hrbahia

Homem tenta se passar por fiscal do Crea-BA em Brumado, mas acaba conduzido pela Polícia

hrbahia
Carregando....