0 C
Caetité, Bahia
23 julho, 2018
HR Bahia
  • Home
  • Bahia
  • Escolas municipais Ovídio Teixeira e Zelinda e Nunila realizam V Conferência Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente
Bahia Brasil Educação Notícias

Escolas municipais Ovídio Teixeira e Zelinda e Nunila realizam V Conferência Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente

A V Conferência Nacional Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente que teve como tema “Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas”, foi realizada pelas escolas municipais Senador Ovídio Teixeira, e Zelinda Carvalho Teixeira e Nunila Ivo Frota (essa última no Distrito de Maniaçu), no dia 24 de março, no auditório da Casa Anísio Teixeira e no Auditório da Escola, respectivamente.

O evento teve o objetivo de fortalecer a educação ambiental nos sistemas de ensino, propiciando atitude responsável e comprometida da comunidade escolar com as questões socioambientais locais e globais, com ênfase na participação social e nos processos de melhoria da relação ensino-aprendizagem, em uma visão de educação para a diversidade, inclusiva e integral.

V Conferência Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente nos colégios Zelinda e Nunila

A conferência na escola é a etapa em que estudantes, professores e demais interessados reúnem-se para dialogar sobre como transformar sua escola em um espaço educador sustentável, constituindo-se, assim, em um lócus privilegiado para aprofundar o debate sobre o tema da Conferência em nível local. É nesse espaço que é encontrada uma oportunidade pedagógica para trabalhar a educação ambiental nas escolas, além de serem momentos de enriquecimento pessoal, que proporciona o senso crítico, a politização, o amadurecimento e a melhoria da autoestima dos participantes, fazendo com que eles acreditem que podem, verdadeiramente, transformar o mundo.

Na abertura da Conferência, alunos das escolas realizaram apresentações de canto coral, em seguida, após exposições de opiniões e debates, foi elaborado, em conjunto, um projeto de ação, de acordo com os conhecimentos adquiridos no cotidiano escolar, a ser colocado em prática após o evento.

Para a diretora do Colégio Zelinda e Nunila, a Professora Paula Andreia, a Conferência foi um evento de grande potencial pedagógico. “O trabalho mobilizou professores, alunos e propiciou o estudo e o pensar sobre as possibilidades de intervenção acerca das questões ambientais, em especial, sobre as águas que envolvem a realidade da comunidade escolar”, explicou a diretora.

V Conferência Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente no GESOT

A Conferência na Escola envolveu toda a comunidade escolar, de todos os turnos sem restrição de faixa etária e série. Foi o momento em que estudantes, professores e demais interessados reuniram para dialogar sobre como transformar sua escola em um espaço educador sustentável, constituindo-se, assim, em um lócus privilegiado para aprofundar o debate sobre o tema da Conferência em nível local.

A Conferência contou com a participação de vários professores, alunos e convidados para palestrar e, também, para fazer parte da Comissão Julgadora, com intuito de analisar os projetos de ação desenvolvidos e apresentados pelos alunos. Alguns alunos trouxeram ao conhecimento da comunidade escolar, através dos seus projetos, ações direcionadas ao problema da falta de água na escola e na sociedade caetiteense, buscando alternativas para as devidas soluções.

Com nível de grande aprendizado, a engenheira ambiental, Josilene Rocha, abordou em sua fala a questão do déficit hídrico na Região Nordeste e reiterou a necessidade de controlar o consumo de água, levando os alunos a entenderem que se deve lutar pela água na escola, e na sociedade como um todo.

A diretora do Grupo Escolar Senador Ovídio Teixeira, Ceane Nelbe, elogiou os trabalhos dos alunos e agradeceu o apoio dado pelos professores para que os projetos fossem produzidos. “O interessante de um momento como este da Conferência é que os alunos, realmente, dedicam a fazer, a buscar informações sobre a questão da água aqui em Caetité, entrevistar moradores, visitar locais, como é o caso da equipe que foi à nascente do rio Jatobá. Enfim, desperta o interesse deles em contribuir de alguma forma para ajudar a manter este bem tão precioso que é a água. Todos estão de parabéns!”, ressaltou Ceane.

Comente

comentários

Publicações Relacionadas

Brumado: Bandidos invadem cursinho pré-vestibular, rendem estudantes e fazem arrastão de celulares

hrbahia

Lavar as mãos reduz em 40% doenças como gripe e conjuntiviteclique aqui

hrbahia

Ronda Maria da Penha começa a funcionar em Guanambi

hrbahia
Carregando....