Em vídeo, Bolsonaro diz que só abandona a sua candidatura à Presidência da República se for morto ou tirado ‘na covardia’

Janeiro 11 11:13 2018 Imprimir esse Artigo

“Só em duas situações eu posso não estar neste ano no debate presidencial: se me tirarem na covardia por um processo qualquer, na covardia, (…) ou se me matarem. Não estou preocupado com isso. Se me matarem vão ter que me enterrar, vão arranjar outro Celso Daniel [prefeito petista, assassinado em 2002].”, disse Jair Bolsonaro (PSC-RJ) em um vídeo postado em suas redes sociais, na noite de quarta-feira (10), durante manifestação sobre reportagens da Folha que relataram o patrimônio dele e dos filhos parlamentares, além do recebimento de auxílio-moradia mesmo tendo apartamento próprio em Brasília. Bolsonaro disse ainda que está propenso a vender seu apartamento na capital federal e passar a ocupar um imóvel funcional da Câmara e acusou a Folha de ser um jornal “canalha”.”O que está em jogo? É o poder, é quem vai sentar-se naquela cadeira presidencial. (…) Sou uma pessoa completamente fora do establishment, sou o diferente, sou aquele intruso no poder. No caso, a Folha de S.Paulo, tentando me desestabilizar e me colocar no mesmo nível dos candidatos deles, que eles apoiam, do PSDB. Eles preferem até um petista na Presidência do que eu.”, disse Bolsonaro.

Foto: Divulgação

Comente

comentários

ver mais notícias

Sobre artigos do Site