17 julho, 2019
HR Bahia
  • Home
  • Bahia
  • Das 417 cidades baianas apenas 43 possuem aterro sanitário para destinar lixo, aponta pesquisa
Bahia Brasil HR BAHIA Notícias

Das 417 cidades baianas apenas 43 possuem aterro sanitário para destinar lixo, aponta pesquisa

os para as cidades instalarem aterros sanitários. Para capitais e municípios das regiões metropolitanas, o prazo era 31 de julho de 2018. Cidades com mais de 100 mil habitantes têm até o dia 31 de julho deste ano. Já as cidades que têm entre 50 e 100 mil habitantes têm até 31 de julho de 2020. O prazo para os municípios com menos de 50 mil habitantes é 31 de julho de 2021.

Um aterro sanitário, de acordo com a lei, precisa ter solo impermeável para evitar que os resíduos contaminem solo ou reservas de água; captação do gás metano, que sai do lixo; cobertura diária do material; não pode ter catadores nem animais por perto; e precisa ter captação correta do chorume, líquido gerado pelos rejeitos.

Segundo o Atlas do Saneamento Básico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os lixões são áreas onde são depositados os resíduos sólidos sem nenhum tratamento nem preparo do solo, contaminando assim todo o lençol freático e a população que utiliza esse recurso hídrico. Já o aterro controlado é uma fase intermediária entre o lixão e o aterro sanitário, e mesmo sendo inadequada do ponto de vista ambiental é o mais utilizado pelos municípios de pequeno e médio porte.

Fonte: Agência Sertão / Foto: Reprodução

Comente

comentários

Publicações Relacionadas

Umburanas vence o Feirense na estreia do Campeonato Brumadense de Futebol

hrbahia

Caetité conta agora com uma nova clínica odontológica, VIENE.

hrbahia

Terceirizados do Hospital Regional de Guanambi denunciam atraso nos salários

hrbahia
Carregando....