0 C
Caetité, Bahia
18 novembro, 2018
HR Bahia
  • Home
  • Bahia
  • Bom Jesus da Lapa: População dorme na fila nos últimos dias de regularização eleitoral
Bahia Bom Jesus da Lapa Brasil Notícias

Bom Jesus da Lapa: População dorme na fila nos últimos dias de regularização eleitoral

Os eleitores que tiveram o título cancelado, tiveram do dia 05 de fevereiro a 09 de maio (ontem) para regularizar a situação com a Justiça Eleitoral. Em Bom Jesus da Lapa, cidade em que a biometria não era obrigatória, funcionou com agendamento. No entanto, mesmo com os anúncios dessas informações, muita gente confundiu, e de alguma forma se sentiu obrigada a fazer o procedimento, levando muitos eleitores a madrugar na fila em frente Forum Bernardino de Souza, situação bem comum no mês de março.

Já outros, deixaram para a ‘última hora’ para resolver outras necessidades de regularizações que eram anunciadas como obrigatórias como a mudança de município, título cancelado e novos cadastramentos.

Mesmo a imprensa local insistindo em divulgar em diversos momentos, esclarecendo a não obrigatoriedade neste momento, as filas para a biometria continuaram acontecendo e além disso, com a necessidade de regularização eleitoral, muita gente dormiu na fila, levando colchão e cobertor. Outros amarram camisas na grade do fórum para ‘marcar’ o seu lugar na fila.

Diante da situação, o TRE de Bom Jesus da Lapa, nesta quarta-feira (09) distribuiu 140 fichas, 80 a mais das distribuídas normalmente, que são 60 fichas e levou o atendimento até o fim do dia, para os casos mais urgentes, no entanto, não foi possível atender todas as demandas, mesmo com todos os funcionários trabalhando com o cadastro da biometria.

A chefe do Cartório afirmou, que até o mês de abril foram feitos 338 alistamentos, 230 transferências para os municípios próximos, e 626 eleitores foram revisados com biometria. A partir de novembro será iniciado outra vez o processo de cadastramento biométrico, com agendamento para evitar a criação de filas.

Quem perdeu o prazo para o resolver as pendências no seu título de eleitor pode sofrer penalidades civis que impactam significativamente na vida do cidadão. Os eleitores que ficaram sem quitação obrigatória com a Justiça Eleitoral, ficaram impedidos de votar até regularização da situação, o que impedirá; participar em concursos públicos e licitações; realização de empréstimos em bancos públicos, entre outros.

Por bomjesusdalapanoticias / Foto: Divultação - Leitor

Comente

comentários

Publicações Relacionadas

Análise sobre o dois de julho 2018 em Caetité

hrbahia

Homem cai de uma altura de seis metros e apresenta varias fraturas em Caculé

hrbahia

Caetité/Guanambi: Um grave acidente envolveu três veículos na BR-030

hrbahia
Carregando....